Topo
Blog do Leo Dias

Blog do Leo Dias

Nadja sobre bailarina parceira de D’Black: "Precisa aprender a respeitar"

Leo Dias

14/09/2019 08h00

Nadja Pessoa (Foto: Reprodução/Instagram)

"Ela deveria ir à Universal pegar amor e aprender a respeitar o casamento dos outros": é com esse conselho que a empresária Nadja Pessoa, mulher do cantor Vinicius D'Black, campeão do 'Dancing Brasil', demonstra a opinião sobre a bailarina Carol Dias, parceira de dança do marido no reality da Record TV.

Depois da vitória de D'Black, Nadja decidiu abrir o coração e contou ao Blog do Leo Dias que sempre teve dificuldades de relacionamento com a partner do esposo. "Desde que a conheci, ela não foi simpática. Senti que queria me afastar, me manter à distância. Logo de cara, ela disque que meu sotaque era carregado e feio, que eu só não parecia nordestina porque sou loira, porque tenho traços finos, sou bonita. Fiquei indignada, mas não fiz nada. Preferi me calar", diz ela.

Nadja reclama também da aproximação de Carol com a família de D'Black, com quem não tem boas relações. "Todo mundo sabe que a família dele me odeia. Há oito anos, eles fazem de tudo para a gente se separar. A mãe dele é do candomblé, e, apesar de eu respeitar todas as religiões, sei que tem gente que usa da religião para fazer mal às pessoas", diz a empresária, que critica a postura da bailarina. "Ela foi ao salão de beleza em que a mãe dele trabalha e ficou fazendo stories, dizendo que nunca havia sido tratada tão bem na vida, que tinha ganhado presentinhos da mão, do pai do Vinicius, que ficaram chamando-a de 'musa'. Ele fez uma música para mim com esse nome", conta.

A ex-participante do programa 'A Fazenda' revela que as atitudes da família do marido e da bailarina quase prejudicaram a vitória de D'Black no 'Dancing'. "Meus fãs são um verdadeiro exército, e eles se revoltaram. Eles queriam votar da Danielle Hipólito, e eu tive que intervir, dizendo que o Vinicius ganhando, eu também estava ganhando", diz Nadja, que ainda acusa a família de D'Black de se reaproximar dele por interesse. "A família dele o desprezou por cinco anos, mas, quando ele apareceu no 'The Voice', reapareceu na mídia, a mãe dele  voltou a falar com ele."

A empresária também se queixa da atuação do marido em relação à parceira de dança. "No aniversário dela, o Vinicius deu um presente a ela, que fez stories dizendo que tinha ganhado um presentinho, mas que era íntimo e não poderia falar [de quem era]. Ela me faltou com respeito comigo como esposa, e eu fiquei muito triste com o Vinicius porque ele não tomou uma posição. Ele deixou [essa situação] chegar onde chegou. Foi difícil porque o Vini não me apoiou, não sei se porque não querer atrito com ela", desabafa.

Veja também:
Beijo gay, cheiro de maconha e Ju Paes: tudo da volta de Xuxa às passarelas
Mas já? Anitta beija muito o cantor Vitão em novo clipe. Veja vídeo!
Ludmilla faz flashmob no Rio: "Gente de todas as idades". Veja vídeo

Nadja garante que o barraco atribuído a ela por ciúmes do marido nos corredores da TV Record, veiculados na mídia, nunca existiu. "Quando ia aos programas ao vivo, a Carol não olhava na minha cara. Na semifinal, ela e uns produtores da Record ficaram debochando, chamando ela de musa, bem na minha frente. Estava com um amigo que falou para eu me acalmar e eu fiquei quieta. Eu fui maltratada por essa bailarina", diz ela, que afirma ter se prejudicado com a repercussão do caso. "Perdi trabalho, viagem para a Disney. Fiquei muito mal, depressiva, arrasada".

Os efeitos de toda essa questão envolvendo a bailarina, segundo Nadja, ainda são sentidos na pele. "Guardei tanta coisa que estou como na época da 'Fazenda', toda roxa. Quando me estresso, fico cheia de manchas roxas pelo corpo", conta a empresária, que revela ter sofrido mais com a participação do marido no 'Dancing' que na época em que participou do reality rural. "Foram dois meses e meio terríveis. Eu preferiria encarar três 'Fazendas'. Mexeu com meus sentimentos", diz.

Nadja revela ainda que seu ponto fraco é o marido, e que por isso perdeu a disputa em 'A Fazenda'. "Eu poderia ter ido até a final e ganhado, mas quando mexeram com o meu marido, perceberam o meu ponto fraco. Eu me desestruturei e perdi meu prêmio. Não consegui agir com a razão. Agi com a minha emoção. Aí, aconteceu tudo aquilo e eu acabei perdendo o prêmio por causa do meu marido. Preferi zelar pelo meu casamento", finaliza.

Procurada para comentar as acusações de Nadja, a bailarina Carol Dias disse, em nota, lamentar ter que se defender de algo que não fez. Ela revelou que, durante a realização do 'Dancing Brasil', chegou a pensar em comentar a respeito da polêmica em que viu seu nome envolvido, mas preferiu direcionar sua energia para o programa, do qual saiu campeão, fato que a deixou realizada. A dançarina afirma ainda que sempre pautou sua participação no profissionalismo, ética e respeito nas cinco temporadas em que fez parte do programa, e, por isso, pode se manter de cabeça erguida frente às acusações que lhe tem sido feitas. Confira a nota de Carol na íntegra:

"Estou no Dancing Brasil há cinco temporadas. Em todas as edições, minha postura sempre foi de máximo profissionalismo, ética, comprometimento e respeito com os candidatos. Me entristece saber que palavras infundadas foram colocadas na minha boca. Em vários momentos pensei em me manifestar, afinal de contas quem cala consente. Mas foquei a minha energia no programa. Foquei na vitória da nossa dupla. Ganhamos com muito esforço. Lamento que, hoje, eu, uma coadjuvante de todo processo, precise ter que vir a público me defender de algo que não fiz. Como artista me sinto realizada por ter conquistado o objetivo final. Como mulher iriei me manter de cabeça erguida e continuarei sendo a profissional que sempre fui."

* Com colaboração de Geizon Paulo

Nadja Pessoa e Vinicius D'Black (Foto: Reprodução/Instagram)

Vinicius D'Black e a Carol Dias com Xuxa (Foto: Reprodução/Internet)

Sobre o autor

Leo Dias é jornalista e apresentador do programa “Fofocalizando”, do SBT. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos.Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: “A fama tem um preço estou aqui para cobrar”.

Sobre o blog

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.