Topo
Blog do Leo Dias

Blog do Leo Dias

"Poderia fazer papel de mulher, igual a Grazi", diz trans de "Bom Sucesso"

Leo Dias

29/07/2019 14h38

Gabrielle Joie (Foto: Reprodução/Instagram)

A TV Globo terá a partir de hoje, com a estreia de Bom Sucesso, mais uma atriz trans no ar em suas principais novelas. Além de Glamour Garcia, de A Dona do Pedaço, a trans Gabrielle Joie, de 21 anos, será Michelle na nova novela das sete. Um novo movimento na emissora, que vem abrindo portas faz tempo para falar de transexualidade, inclusive como tema de novela, quando Glória Perez, em "A Força do Querer", mostrou todo um processo de transição.

Veja também:
Sheron Menezzes rebate fama de "grossa": "Eu sou direta e daí?"
Rafael Infante fala de "galã enrustido" em novela: "Existem muitos por aí"

O Blog do Leo Dias, que esteve no lançamento de "Bom Sucesso" – que terá Grazi Massafera como protagonista – conversou com Gabrielle sobre essa mudança na TV brasileira e a abertura de portas para que as transexuais mostrem seu trabalho. Na trama, ela será uma jovem transexual, que poderá ter sua transição mostrada na trama.

"Eu e as outras atrizes trans estamos 'afofando' o terreno, abrindo portas para meninas que vão vir no futuro", disse ela, que espera que o foco todo não fique apenas em sua sexualidade, mas também em seu trabalho: "Estou estudando muito para a personagem, tenho talento, trabalho duro, e quero muito que os holofotes também mirem para este lado."

E, por falar, em trabalho, Gabrielle espera que um dia possa interpretar o papel de uma mulher na TV sem que a questão da transexualidade seja um empecilho.

"Quero e poderia fazer papel de mulher, igual a Grazi. Eu poderia, com meu talento, muito bem estar fazendo a Paloma (protagonista, papel vivido por Grazi Massafera) nessa novela. Mas sei que isso é um processo, e estamos caminhando. É importante, além de estar na TV, ver como somos representadas neste meio. Espero que o próximo passo seja uma trans fazendo o papel de uma mulher", disse ela.

Gabrielle é só elogios para a TV Globo e diz que não enfrentou qualquer preconceito desde que entrou para o elenco: "Me tratam com muito carinho. Ter essa representatividade na TV aberta é uma oportunidade para muitas outras trans futuramente se candidatarem para outros papéis, seja na televisão, cinema, teatro. Existem profissionais capazes."

*Com reportagem de Lucas Pasin

Gabrielle Joie (Foto: Reprodução/Instagram)

Sobre o autor

Leo Dias é jornalista e apresentador do programa “Fofocalizando”, do SBT. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos.Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: “A fama tem um preço estou aqui para cobrar”.

Sobre o blog

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.

Leo Dias