Topo
Blog do Leo Dias

Blog do Leo Dias

Discordâncias em contrato levarão briga de Mumuzinho e Davizinho à Justiça

Leo Dias

19/07/2019 16h28

Davizinho e Mumuzinho (Foto: Reprodução)

A briga envolvendo os cantores Mumuzinho e Davizinho parece estar longe de um desfecho e só deve ser resolvida mesmo na Justiça. Depois da divulgação da treta em primeira mão pelo Blog do Leo Dias, e com tentativas de contato com o novo empresário, a assessoria e até com Davizinho para que desse sua versão, conseguimos ouvir o lado dele por meio de sua advogada, Dra. Lidia Merlin.

Em conversa com o blog, Lidia disse que a parceria profissional entre seu cliente e Mumuzinho foi encerrada após discordâncias na assinatura de um novo contrato, que continha cláusulas consideradas abusivas por ela e Davizinho. Entre elas, uma multa rescisória no valor de R$ 3 milhões e a divisão de ganhos – que destinavam 30% para Mumu, 10% para a mulher apontada como descobridora do jovem talento, e 60% para Davi, em valores brutos.

Ainda de acordo com a advogada, apesar de eles tentarem chegar a um acordo para que o padrinho famoso continuasse no projeto, Mumu teria escolhido não seguir com Davizinho, depois da apresentação de Diogo Sodré e Luis Fernando Souza, o Bicudo, como investidores. Até então, Diogo e Luis haviam sido escolhidos pelo próprio Mumu para venderem os shows do rapaz. Ainda segundo Lidia, Mumu teria se sentido ofendido por não ter selecionado os empresários, que, mesmo antes de assinarem com Davizinho, teriam realizado até pagamentos de três novas músicas, além de custos de hospedagem, alimentação e saúde do jovem cantor.

Mumuzinho e Davizinho (Foto: Reprodução)

Mumuzinho quer acordo para fugir dos tribunais: 

Também procurado pelo Blog do Leo Dias, o advogado de Mumuzinho, Marcos Ferreira, diz ser inverdades as informações da representante legal de Davizinho. Segundo ele, quem encerrou a parceria foi o jovem cantor, através de uma notificação enviada a Mumuzinho no dia 9 de julho, assinada pela própria Dra. Lidia Merlin, pelo menos uma semana antes de as informações serem veiculadas na imprensa – fato confirmado pela advogada. Além disso, de acordo com Marcos, o contrato apresentado pelo atual empresário de Davizinho, era na verdade uma minuta, ou seja, ainda uma proposta a ser discutida a fim de que as partes chegassem a um acordo.

"O Davizinho e seus pais tinham acordado com os termos da minuta do contrato, mas, como a advogada os orientou a discutir algumas cláusulas, marcamos uma reunião, em que o Davi não estava presente. Chegamos a oferecer uma contraproposta, estabelecendo os percentuais em 40% dos ganhos líquidos, os chamados royalties, em vez dos bruto, mas fomos surpreendidos, no dia seguinte, com um telefonema desmarcando uma nova reunião e com a informação de que havia um novo empresário e que ele não aceitava trabalhar com Mumu", disse o advogado de Mumuzinho.

Ainda segundo Marcos, no contrato até então em vigor, como produtor artístico, Mumu tinha direito a todo gerenciamento da carreira de Davizinho, o que incluía a escolha dos investidores e empresários e até a definição de cachês. O advogado ressaltou ainda que os custos de gravação e lançamento da primeira música de Davizinho foram pagos por Mumuzinho e que o valor pago pela produção das duas – não, três – novas músicas foram quitados com dinheiro dos cachês obtidos nos shows realizados pelo jovem talento.

Apesar de parecer que toda essa história só vá ser resolvida nos tribunais, o advogado de Mumuzinho ainda acredita em um acordo em relação à multa rescisória, no valor de 500 mil reais, com a nova administração da carreira de Davizinho.

Notificação de rescisão do contrato enviada a Mumuzinho pela advogada de Davizinho

 

* Com reportagem de Geizon Paulo

Sobre o autor

Leo Dias é jornalista e apresentador do programa “Fofocalizando”, do SBT. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos.Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: “A fama tem um preço estou aqui para cobrar”.

Sobre o blog

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.