Topo
Blog do Leo Dias

Blog do Leo Dias

Por que o Criança Esperança arrecada bem menos que o Teleton?

Leo Dias

19/08/2019 17h32

Criança Esperança 2019 já arrecadou 11 milhões de reais (Reprodução/Internet)

Com quase 11 milhões de reais arrecadados até a manhã desta segunda-feira (19), o Criança Esperança espera ver voltar crescer as doações para a campanha, mas ainda que consiga esse feito, provavelmente, vai continuar longe dos números atingidos pelo Teleton. O provável motivo é o fato de a ação social realizada pelo SBT dar espaço para as empresas que apoiam a campanha realizarem ações de merchandising, o famoso 'merchan.

Apesar de contar com o apoio de grandes empresas, o Criança Esperança não permite esse tipo de publicidade durante a transmissão na TV Globo, diferente do que acontece no SBT. Silvio Santos transforma o palco do Teleton em um espaço onde as empresas possam divulgar suas marcas em troca de doações, nas mais de 24 horas que a ação fica no ar no SBT.

Talvez seja esse o motivo que faz o Teleton registrar, a cada ano, aumento nas doações, ao contrário do Criança Esperança. Nos três últimos anos, a ação voltada a atender os projetos da AACD aumentou a arrecadação de pouco mais de 27 milhões, em 2016, para quase 30 milhões em 2017, atingindo a marca recorde de 31.907.108 reais no ano passado. Já o Criança Esperança registrou queda na arrecadação no comparativo entre os dois últimos anos. Em 2018, a campanha arrecadou mais de 17 milhões de reais, quase três milhões a menos que em 2017, quando a ação para atender projetos da UNESCO arrecadou cerca de 20 milhões.

Veja também:
"Dominó humano" do Caldeirão do Huck terminou com bombeiros e hospital
Mariah Carey manda mensagem pra Anitta: "Espero conhecer você em breve"
Às vésperas de oficializar união, jogador Hulk Paraíba se separa da mulher

A diferença entre as duas ações sociais é ainda maior se levado em conta o retrospecto dos últimos seis anos. Nesse período, o Teleton contou com quase 60 milhões de reais – R$ 59.966.618 para ser mais preciso – a mais que o Criança Esperança.

Para tentar reverter o quadro de queda, a Globo fez uma importante alteração, deslocando o show da campanha de sábado para segunda-feira, ganhando, assim, um dia a mais com maior destaque na programação da emissora. A expectativa com a mudança é gerar um aumento no fluxo de arrecadação nesse 'dia extra', já que, tradicionalmente, há um engajamento maior durante a transmissão do show. A apresentação vai ao ar no lugar da Tela Quente, com a participação de Sandy & Junior, Ivete Sangalo e duetos formados por Anitta e Gilberto Gil, Iza e Karol Conka, Lulu Santos e Buchecha, e Péricles e Thiaguinho.

* Com a colaboração de Geizon Paulo

 

Sobre o autor

Leo Dias é jornalista e apresentador do programa “Fofocalizando”, do SBT. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos.Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: “A fama tem um preço estou aqui para cobrar”.

Sobre o blog

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.