Topo
Blog do Leo Dias

Blog do Leo Dias

Como Léo Santana se tornou um sobrevivente da música baiana

Leo Dias

09/08/2019 12h34

Leo Santana (Foto: Alana Andrade/Reprodução)

Definitivamente o ritmo musical que parou no tempo é o Axé Music. Não surgiu uma nova geração, nem houve uma intenção de criar algo de novo dentro do estilo, como o caso do funk que acelerou o beat para sobreviver.

Mas um ser chama a atenção no meio da inércia soteropolitana: Léo Santana. Sua agenda é impressionante: média de 20 shows por mês.

Veja também:
Após se separar, Léo Santana diz: "Não estou com cabeça para sexo por sexo"
Leo Santana volta a seguir Lorena Improta, mas ela nega reconciliação

E ele já se prepara para um novo trabalho: gravará um grandioso DVD em São Paulo, na próxima semana, no dia 15 de agosto, com muitas participações, entre elas Anitta, Atitude 67 e Jhay Cortez.

Mas o que ele fez que os outros não fizeram? A resposta é simples: Léo investiu no repertório. Parece óbvio, mas na Bahia não é.

Léo canta cachaça, mulher, balada, dança e a zoeira por si só. Léo não canta o amor nem as belezas de Salvador. Ele aboliu de vez com o "Lara Lara Lerê Lerê".

O que chama atenção quando se fala em Léo Santana é que ele é excelente no ao vivo, no palco, na hora H. Na rádio, no Spotify ele é regular. Mas no ao vivo ele é muito melhor, e os contratantes são fiéis a ele por um bom motivo: o bar. A venda de bebida é altíssima nos shows de Léo. E não há contratante que sobreviva apenas com a venda de ingresso.  Show de Leo Santana combina com bebida. O "Baile da Santinha" foi o grande acerto da carreira dele

Outro detalhe importante: apesar de bonitão, Léo conseguiu conquistar o público masculino. Como ?

Ele não enaltece a própria beleza. Ele é "boa pinta" e ponto. Cada vez menos ele tira a camisa no palco. Ele quer mostrar que está ali não por conta de sua aparência.

Cantor que não tem público masculino, que o homem tem vergonha de dizer que é fã, está fadado ao fracasso.

E tem muito marmanjo que se orgulha de ser fã de Léo.

É aquela coisa: você não sabe se quer ser ou ter Léo Santana. Mas que você gosta dele, isso é indiscutível.

Sobre o autor

Leo Dias é jornalista e apresentador do programa “Fofocalizando”, do SBT. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos.Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: “A fama tem um preço estou aqui para cobrar”.

Sobre o blog

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.