Topo
Blog do Leo Dias

Blog do Leo Dias

Claudia Leitte: "Eu não sou perfeita e nunca fui”

Leo Dias

19/06/2019 12h57

Claudia Leitte (Foto: Reprodução/Instagram)

Na reta final da gravidez de Bela, sua primeira filha, Claudia Leitte está radiante com sua terceira gestação, totalmente planejada e pensada para que não afetasse em nada sua vida profissional. A cantora, que já contou em entrevistas ter tido um aborto antes desta gestação, revelou em conversa exclusiva com o Blog do Leo Dias que quase adiou o sonho de engravidar uma nova vez por medo de passar do 'limite' onde ela poderia trabalhar tranquilamente o Carnaval 2019 com a agenda cheia e sem um barrigão.

Ainda ao blog, Claudia relembrou que sofreu duras críticas ao voltar a trabalhar rapidamente após o nascimento de Davi, quando o pequeno com três meses foi diagnosticado com meningite. Ela conta que realmente não tinha planejado o primeiro filho, e nem o segundo, Rafael, e que não pode ficar muito tempo de licença maternidade porque, além de sua própria família – com o pai e a mãe trabalhando com ela –, a cantora também sustenta muitas outras famílias e é dona de seu próprio negócio.

Com fama de ser uma mulher do tipo 'perfeita' – bonita, casada e bem-sucedida – Claudia relembra que batalhou muito antes do sucesso e diz que, se tem privilégios, eles são frutos de seu trabalho.

Pronta para ter uma filha, Claudia sabe a responsabilidade em colocar uma menina num mundo e diz que isso a fez pensar ainda mais no direto das mulheres.

Ela ainda responde a pergunta que muitos devem fazer: com uma carreira formada, casada e três filhos, a aposentadoria é um plano? Pensa em parar de cantar?

Leia a entrevista completa com Claudia Leitte: 

BLOG DO LEO DIAS – Você já é mãe do Rafael e do Davi. O que terceira gestação traz de novo?

CLAUDIA LEITTE – Apesar de ser uma gravidez planejada, as coisas estão acontecendo muito naturalmente. Nas outras, mais na de Davi, criei muita expectativa e confesso que fiquei muito ansiosa. Na gravidez do Rafa também tive meus picos de ansiedade. Agora estou mais relaxada. Estou curtindo muito. Algumas pessoas do meu convívio estão dizendo que estou fisicamente mais feminina, deve ser essa turbulência de hormônios femininos em mim. Me deu uma favorecida física e emocional.

Estar grávida de uma menina faz você pensar mais nos direitos das mulheres, já que Bella viverá na sociedade do futuro?

Com certeza. Eu já tinha esse olhar muito presente na minha vida, mas a gravidez só reforçou essa consciência feminina. O mundo está um verdadeiro caos, tudo muito difícil e inconcebível. Vou criar minha filha e espero que o futuro seja melhor que o presente. Bela precisará ser forte, destemida, lutadora e buscar união. Hoje vivemos em uma individualidade tremenda, precisamos nos dar as mãos.

Quais os desejos mais loucos que você já teve até agora durante a gravidez?

Olha, de tudo um pouco, viu. Como demais, cada dia mais. Ultimamente tenho comido massas enlouquecidamente, risos. Bela me enche de fome, está adorando tanta comida.

Claudia Leitte (Foto: Reprodução/Instagram)

Como foi o planejamento desta gravidez para não prejudicar sua vida profissional?

Planejei muito. Engravidei em agosto de 2018, mas perdi. Engravidei novamente, mas tinha um "limite" para engravidar. Então nós tentamos sabendo deste limite, onde eu chegaria no Carnaval com menos de três meses. Se passasse, teríamos que adiar o plano por um tempo. Mas, graças a Deus, deu tudo certo. No Carnaval já estava com quatro meses, me sentindo bem. Foi demais.

Você decidiu, no sétimo mês, dar uma 'pausa' na carreira. Por que? Quando pensa em retornar?

Não é uma pausa, continuo trabalhando, tenho alguns compromissos, ainda tenho meu trabalho. Só chegamos à conclusão que um ano de turnê era o suficiente, começamos em junho de 2018 e foi maravilhoso. Agora estou pegando mais leve porque já aprendi das outras vezes que preciso realmente descansar. Penso em retomar o trabalho em outubro, é o que está planejado, tenho alguns compromissos já agendados neste mês.

Você recebeu algumas críticas quando deu a luz a Davi por ter voltado a trabalhar rapidamente. Como lida com isso? Por que não planeja longas folgas após a gravidez?

Meu corpo, minha mente, meu condicionamento, esse conjunto me proporcionou um retorno mais rápido para o palco, e era necessário que isso acontecesse, porque sou a dona do meu próprio negócio, então sei exatamente o que ele precisa para continuar próspero e organizado. Têm muitas famílias que dependem de mim financeiramente falando. Davi nasceu em janeiro, engravidei sem me planejar e precisei voltar. Da segunda vez também precisei voltar 15 dias após o nascimento. Isso acontece na vida de muitas mulheres, principalmente empresárias como eu. É um trabalho diferente do que um remunerado, que oferece férias e outras coisas. É da cabeça, de como está meu corpo e se o médico diz que está bem.

O Davi fala inglês desde pequeno, né? É por imposição de vocês esse aprendizado?

Meus filhos falam inglês desde que aprendem a falar. Eles também fazem esportes, são benefícios que acredito que realmente fazem a diferença na criação, educação, formação de caráter, e é um investimento que fazemos. Nós incentivamos, não como imposição, mas para a formação mesmo.

Claudia Leitte e os filhos (Foto: Reprodução/Instagram)

Muitos te consideram como "perfeita" – bonita, casada, bem-sucedida. Me fale um defeito que possui e o que pensa dessa imagem que as pessoas possuem de você?

Não sou perfeita e nunca fui. Sou um ser humano como qualquer outro, que batalhei muito para chegar até aqui. Não foi fácil e se hoje possuo uma estabilidade maior, devo ao esforço do meu trabalho. Acho que se as pessoas usam o termo "perfeita" para uma mulher que trabalha, é mãe, esposa, todas nós mulheres somos então. Se cuidar da vida pessoal e profissional e equilibrá-la soa estranho para alguns, para mim soa normal.

Claudia, você se vê como uma mulher de privilégios?

Me vejo como forte, que conquistou tudo com esforço e dedicação. Se você diz que privilégios são materiais, eu digo que tenho sim, mas tudo veio com o suor do meu trabalho. Nada de mão beijada. Conquistar as coisas por nós mesmas não tem preço.

Mãe de três filhos, casada e cheia de conquistas. Pensa em parar de cantar?

Não. Sou cantora, é minha missão de vida, nasci para cantar, amo. Não tem a possibilidade de eu deixar de ser cantora. Onde tem um microfone, estou cantando. Não vou deixar jamais. Parar de cantar só quando Deus quiser.

*Com reportagem de Lucas Pasin

Sobre o autor

Leo Dias é jornalista e apresentador do programa “Fofocalizando”, do SBT. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos.Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: “A fama tem um preço estou aqui para cobrar”.

Sobre o blog

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.